Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Carlos Ghosn diz que organizou sozinho fuga para o Líbano

O ex-chefe da Renault-Nissan Carlos Ghosn afirmou hoje que organizou “sozinho” sua partida do Japão, onde é alvo de quatro acusações por crimes financeiros, para o Líbano, negando qualquer envolvimento de sua família.

“As alegações na mídia de que minha esposa Carole e outros membros da minha família tiveram um papel importante na minha partida do Japão são falsas e mentirosas. Fui eu quem organizou minha partida. Minha família não teve nenhum papel”, afirmou Ghosn em comunicado de imprensa.

As acusações contra Ghosn incluem ocultar renda e enriquecer por meio de pagamentos a concessionárias de automóveis no Oriente Médio.

Também hoje, o Líbano anunciou que recebeu um pedido de prisão da Interpol contra Ghosn.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO