Carlos Ghosn vai treinar executivos no Líbano

Foragido do Japão, onde foi preso por fraude fiscal, o ex-presidente da Nissan-Renault Carlos Ghosn apareceu em público para anunciar a abertura, em março do ano que vem, de um programa de treinamento de executivos no Líbano, país de origem da sua família, onde morou quando era criança e que lhe serve de refúgio. O programa tem como parceira uma universidade local.

Ghosn diz que quer ajudar o Líbano a reerguer-se economicamente, por meio de novas tecnologias e start-ups.

O nome do programa é “Moving Forward”.  Ghosn não olha para trás. É um pândego.

Leia mais: Combo O Antagonista e Crusoé: comece a ler por apenas R$ 1,90/mês
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO