Carta com ricina é interceptada na Casa Branca

A Casa Branca recebeu um pacote contendo a substância tóxica ricina. A correspondência foi interceptada pela polícia no início desta semana, de acordo com autoridades policiais ouvidas pelo New York Times.

Os investigadores não revelaram quando ocorreu o episódio, e tentam descobrir o remetente, possivelmente localizado no Canadá.

O FBI e o Serviço Secreto investigam o caso. O jornal americano não informou se Donald Trump seria o destinatário da correspondência com a substância.

Leia mais: Exclusivo: o 'inquérito do fim do mundo' foi usado para apurar secretamente se a Lava Jato tinha ministros do STF na mira
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 17 comentários
TOPO