Charlie Hebdo: a vitória do Estado Islâmico

Três anos depois do atentado que matou doze dos seus jornalistas, o jornal Charlie Hebdo lamenta que tenha gastar mais da metade do seu orçamento anual com segurança.

A sobrevivência do jornal está ameaçada. O Estado Islâmico vence o Charlie Hebdo.

“Três anos dentro de uma lata de conservas
‘A caixinha do Estado Islâmico? Nós já demos.'”

Comentários

  • Eduarda -

    É o preço pago pela multicultura esquerdista que arreganhou as portas da Europa para a entrada de terroristas. Engraçado que jornalista nenhum enxerga isso (aqui no site, creio que Felipe Moura Brasil deve enxergar, mas talvez seja voto vencido, já que o chefão fez torcida contra o Trump, que é um dos pouco líderes de peso que se coloca contra essa política globalista).

  • CLEITON -

    Quem vencerah Lula? O estado democratico, flacido, descaracterizado, banalizado pelo judiciario e pisoteado pelo resto da maquina publica? Brasil, empunha tuas armas!

  • O -

    Sim, os desmandos do catolicismo, seus desvirtuamento da verdade, seus cismas, e deturpações, sua inquisição foram atrozes. Mas mesmo no seio dela houve SANTOS. Santo vem de são=equilibrado; o indivíduo que transcendeu sua mente egóica e por tal a equilibrou em vida com sua mente divina, seu Espírito. Daí Santo=são.A humanidade caminha como cegos guiando cegos, violentando-se mutuamente por desconhecer a verdade e não seguirem seus corações, abdicando até de auto-reflexão delegando seu pensar á ideólogos, á sociólogos, á intelectualógos de ocasião por sua vez também hipnotizados, formatados por uma crença ideológica. A fome do Mundo é de Verdade e ela nunca vem de fora, ven do Si mesmo e se externa , manifesta. Pr tal o mundo está cego guiado por cegos e todos caminham para um abismo .

Ler 53 comentários