China acusa EUA de 'intimidação' por banimento de TikTok e WeChat

China acusa EUA de intimidação por banimento de TikTok e WeChat
Foto: konkarampelas/Pixabay

A China acusou os Estados Unidos de “intimidação” ao proibir o download do TikTok e WeChat.

Em comunicado, o ministério chinês do comércio ainda ameaçou os EUA com retaliações.

“Se os Estados Unidos persistirem com suas ações unilaterais, a China tomará as medidas necessárias para proteger firmemente os direitos e interesses legítimos das empresas chinesas”, diz.

“A China incentiva os Estados Unidos a abandonar seus atos repreensíveis e suas intimidações e a respeitar escrupulosamente as regras internacionais, justas e transparentes.”

Como publicamos, o governo Donald Trump anunciou nesta sexta-feira o banimento dos aplicativos das lojas americanas de apps.

As proibições entram em vigor neste domingo (20) para o WeChat e em 12 de novembro para o TikTok.

Leia mais: Exclusivo: o objetivo secreto do 'inquérito do fim do mundo' do STF
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 20 comentários
TOPO