Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

China e Nepal chegam a consenso e 'revisam para cima' altura do Everest

China e Nepal chegam a consenso e revisam para cima altura do Everest
Foto: lutz6078/Pixabay

China e Nepal anunciaram nesta terça-feira (8) ter colocado fim a mais de uma década de divergências e chegado a um consenso sobre a altura do monte Everest, o pico mais alto do mundo.

Segundo geógrafos e alpinistas dos dois países —que enviaram missões independentes, uma de cada lado da fronteira—, o Everest é ainda mais alto do que se imaginava: 8.848,86 metros.

Os nepaleses diziam que a montanha tinha 8.848 metros exatos, segundo uma medição da Índia feita em 1954; os chineses, por sua vez, afirmavam que o pico tinha 8.844,43 metros, baseados numa medição realizada em 2005.

A nova (e consensual) altura da montanha foi confirmada pelos chanceleres da China e do Nepal, Wang Yi e Pradeep Gyawali, em um evento conjunto —virtual, em razão da pandemia do novo coronavírus.

A divergência de Eduardo Bolsonaro com a China ainda continua, não importa o assunto.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO