Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

China responde ao apoio do G7 a Taiwan com incursão aérea histórica

O país asiático mandou 28 aviões para a Zona de Identificação de Defesa Aérea da ilha, obrigando o envio de caças para a interceptação
China responde ao apoio do G7 a Taiwan com incursão aérea histórica
Foto: Reprodução/redes sociais

Em resposta ao apoio do G7 a Taiwan, a China realizou a maior incursão de aviões militares dentro do espaço aéreo da ilha em sua história.

No último domingo (13), o grupo formado por Estados Unidos, Reino Unido, França, Alemanha, Itália, Canadá e Japão divulgou um comunicado com críticas ao governo chinês, inclusive pedindo ações para garantir a paz e a estabilidade em Taiwan.

Os chineses não gostaram e mandaram ontem 28 aviões para a Zona de Identificação de Defesa Aérea da ilha, obrigando o envio de caças para a interceptação.

“Nós nunca iremos tolerar tentativas de buscar a independência ou a intervenção temerária na questão de Taiwan por forças estrangeiras, então precisamos dar uma resposta forte a esses atos de conluio”, afirmou Ma Xiaoguang, porta-voz do Escritório de Assuntos de Taiwan em Pequim.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO