Colômbia entra em alerta máximo para exercícios militares da Venezuela

O governo da Colômbia disse ter entrado em alerta máximo em consequência dos exercícios militares que a Venezuela começará a realizar na fronteira entre os dois países amanhã, registra o Estadão.

A informação foi divulgada por Francisco Barbosa, conselheiro de Assuntos Internacionais do governo do presidente Iván Duque.

Segundo Barbosa, a Colômbia não entrará na “histeria” da ditadura de Nicolás Maduro, que faz esse tipo de anúncio militar sempre que precisa ganhar apoio internamente.

Na semana passada, Maduro ameaçou instalar um sistema de mísseis na fronteira. Duque respondeu dizendo que o ditador deveria se preocupar com a fome na Venezuela.

Comentários

  • André -

    O Brasil, sendo o mais influente da AL deveria se posicionar mais incisivamente contra esse GENOCIDA comunista. Mas não temos nem sequer como proteger nosso território aéreo!

  • Mario -

    Seria uma boa desculpa para Trump mandar os Mariners Defendar a Colômbia e meter FOGO no maduro. Torço pra que isso aconteça logo pra Venezuela se livrar de umas vez\ por todas desse Ditador Sangu

  • João -

    Estão procupados a toa. Seria o fim de linha definitivo de Maduro. Um unico missel Americano liquidaria com Maduro e o mandaria pro inferno. Onde ja deveria estar ha tempos junto com Lula e Dilma.

Ler 22 comentários