Com Brexit garantido, escoceses farão segundo referendo sobre independência

A vitória folgada do Partido Conservador, do primeiro-ministro Boris Johnson, assegura que o Reino Unido deixará a União Europeia no dia 31 de janeiro.

Para os escoceses, que no referendo de 2016 votaram para ficar na UE (62% foram contra o Brexit), o resultado das últimas eleições gerais é indigesto. Ainda mais porque, nos distritos da Escócia, o vencedor não foi o Partido Conservador, mas o Partido Nacional Escocês (SNP, na sigla em inglês), liderado por Nicola Sturgeon.

Em 2014, a agremiação comandou um referendo em que perguntava se os escoceses queriam ser independentes do Reino Unido — 55% responderam que não. Com a boa votação que o SNP teve na última eleição e o Brexit garantido, Nicola acha que é o momento de tentar de novo.

Leia:

Com Brexit certo, escoceses farão segundo referendo de independência

Censurada e hackeada. Por que esta jovem revista incomoda tanto?
Mais notícias
TOPO