ACESSE

Com impasse em Israel, presidente pede ao Parlamento que forme novo governo

Telegram

Com o fracasso nas negociações entre o premiê Benjamin Netanyahu — que venceu as eleições em março, mas não obteve maioria absoluta no Parlamento — e o líder da oposição, Benny Gantz, o presidente de Israel, Reuven Rivlin, pediu hoje ao Parlamento que forme um novo governo no país.

O prazo para que os dois principais partidos israelenses — o Likud, de Netanyahu, e o Azul e Branco, de Gantz — chegassem a um acordo se encerraria, em princípio, amanhã.

O Parlamento de Israel terá agora três semanas para indicar um nome que viabilize a formação de uma nova coalizão. Netanyahu já anunciou que continuará negociando com a oposição.

A popularidade do primeiro-ministro de Israel aumentou nas últimas semanas, em meio ao combate à pandemia do novo coronavírus. O país contabiliza 12.591 casos da Covid-19, com 140 mortes até o momento.

Leia também: Por que a cloroquina desperta tantas paixões?

Comentários

  • Fabricio -

    Logo algum crentola pentecostal bolsonarista vai dizer: ISRAEL TERRA SAGRADA DE ABRAAO ISAACS E JACO UNGIDA POR DEUSSS AMEEEMMM BOLSONARO MESSIAS

  • Beto -

    O parlamentarismo e os seus centroes . O parlamentarismo é uma graça parece a filme ,a volta dos q não foram.

Ler 3 comentários