ACESSE

Com novos casos de Covid-19, Nova Zelândia adia eleição geral

Telegram

A primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, adiou a eleição geral em quatro semanas, para 17 de outubro.

A eleição estava marcada inicialmente para 19 de setembro.

A Nova Zelândia viu surgirem novos casos de Covid-19 depois de 100 dias sem transmissão local da doença.

“Em última análise, 17 de outubro. Dá tempo suficiente para as partes planejarem em torno da gama de circunstâncias sob as quais faremos campanha”, disse Ardern, em entrevista coletiva há pouco.

Leia aqui a reportagem da Crusoé sobre a postura da primeira-ministra em meio à pandemia.

Assista ao nosso vídeo sobre o assunto.

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 10 comentários