Como a campanha eleitoral dos EUA molda a reação ao Irã

As autoridades do governo americano ainda avaliam uma ação militar no Irã, mas por enquanto não há indicações disso. A hesitação do governo de Donald Trump pode ter uma origem eleitoral, informa Duda Teixeira na Crusoé.

“Há o receio de que mesmo uma ação localizada, como bombardeios aéreos, poderia escalar para algo maior e fora do controle. Os americanos não querem entrar em mais uma dessas guerras eternas que envolvem o envio de soldados”, diz o cientista político americano Benjamin Valentino, professor da Universidade de Dartmouth e que estuda a opinião pública dos americanos sobre ações militares no exterior. “Se um conflito maior acontecesse, o impacto eleitoral para Trump seria grande.”

Leia a reportagem completa na Crusoé:

Como a campanha eleitoral dos EUA molda a reação ao Irã

A estreia de Ana Paula Henkel como colunista da Crusoé. Leia mais

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

  1. CLECIO disse:

    Qm9sc29uYXJvIGFwb2lhIFRydW1wPyBlbnTjbyBq4SBwZXJkZXUuIGEgZ3JhbmRlIHJlY2Vzc+NvIHZlbSBh7SBlIGRlcnJ1YmFy4SB0b2RvcyBuZW9uYXppc3RhcywgY29tbyBvIG5vc3Nv

    1. TyBkYSBJdOFsaWEgauEgY2FpdSBlIG8gZGUgSXNyYWVsIGJhbGFu52FuZG8gbmEgY2FkZWlyYS4gTuNvIHZhaSBzb2JyYXIgbmVuaHVtLg==

Ler comentários
  1. Sidney disse:

    QSBwb2xpdGljYSDpIG8gY2FuY2VyIGRhIHZpdmVuY2lhIGh1bWFuYQ==

    1. yS4gRW0gY2FzbyBkZSBjb25mbGl0byBvIG5lZ/NjaW8g6SBwYXJ0aXIgbG9nbyBwcmEgcG9ycmFkYSEgQSBmYW3tbGlhIEJvem8gY3VydGUgbXVpdG8gZXNzYSBpZGVpYS4uLiE=

  2. Luís disse:

    TmFvIGFjb250ZWNldSBuYWRhIHBvcnF1ZSBvcyBldXJvcGV1cyBzZSBhZmFzdGFyYW0gZGFzIHBvbGl0aWNhcyBkb3MgZXN0YWRvcyB1bmlkb3Mgbm8gbWVkaW8gb3JpZW50ZS4uLi5uYSBxdWVzdGFvIGRlIGplcnVzYWxlbSwgcXVlc3RhbyBudWNsZWFyIGRvIGlyYW8sIHByb2Nlc3NvIGRlIHBheiBpc3JhZWwtcGFsZXN0aW5zLCBtb250ZXMgZ29sYS4=