Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Consulta popular mostra apoio dos chilenos a nova Constituição

Terminou no início da noite deste domingo a consulta popular organizada pela Associação Chilena de Municipalidades (AChM) sobre uma nova Constituição no país.

Segundo estimativas dos organizadores, cerca de 1,5 milhão de chilenos compareceram às urnas em 230 cidades do país — em 2017, nas últimas eleições gerais, a participação foi de 14,3 milhões.

No caso da consulta popular sobre a Constituição, o voto não era obrigatório. Os resultados serão encaminhados ao presidente do Chile, Sebastián Piñera, e ao Congresso.

De acordo com o jornal La Tercera, os resultados preliminares mostram que mais de 846 mil pessoas votaram favoravelmente a uma nova Constituição, enquanto cerca de 80 mil foram contrárias.

Já em relação à obrigatoriedade do voto, 687 mil votantes se mostraram favoráveis e 106 mil foram contrários.

Em novembro, uma pesquisa do instituto Cadem mostrou que 82% dos chilenos eram favoráveis a uma nova Constituição.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO