Corpo de jornalista foi dissolvido, diz assessor do presidente turco

Um assessor do presidente turco Recep Tayyip Erdogan declarou à imprensa que o corpo do jornalista Jamal Khashoggi, colaborador do Washington Post, foi esquartejado e dissolvido.

Khashoggi era crítico do governo da Arábia Saudita e do príncipe herdeiro Mohammad Bin Salman.

A grande imprensa está, é claro, atrasada no episódio do convite de Bolsonaro a Sergio Moro... LEIA AQUI

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 25 comentários
  1. Torcemos para que não seja a falência, “por mais distante que pareça estar” a razão da instalação da democracia no países árabes. Aqui no Brasil há oposição de todas as formas; e aceitas.