Corte de Haia procura evitar uso político, diz analista sobre acusação a Bolsonaro

Corte de Haia procura evitar uso político, diz analista sobre acusação a Bolsonaro
(Florianópolis - SC, 04/07/2020) Presidente da República, Jair Bolsonaro durante entrevista para Rede Record Santa Catarina. Fotos: Isac Nóbrega/PR

O Tribunal Internacional de Haia já recebeu quatro acusações contra Jair Bolsonaro –a última, por “genocídio”, enviada por um grupo de organizações de esquerda– e nenhuma foi adiante, informa Duda Teixeira na Crusoé.

“Quando surge uma profusão súbita de acusações contra uma única pessoa, é como se soasse um alarme dentro do TPI”, explica o advogado Acácio Miranda, especialista em relações internacionais.

“Os membros dessa corte passam a suspeitar de uso político e ficam mais receosos de serem acusados de aderir a uma ou outra ideologia. Eles não querem a pecha de serem enviesados”, acrescenta Miranda.

Leia AQUI a íntegra da reportagem.

Leia mais: Por que 'Gilmar não vai derrubar Bolsonaro'
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO