ACESSE

Cotada para suceder Evo confia em quórum para abrir sessão do Parlamento

Telegram

Jeanine Añez, segunda vice-presidente do Senado boliviano, disse há pouco que acredita que hoje será aberta a sessão da Assembleia Legislativa Plurinacional da Bolívia para definir quem será o novo presidente interino do país após a renúncia de Evo Morales.

De acordo com a Constituição do país, diante das renúncias de Evo, do vice Álvaro García Linera e de várias outras autoridades, seria a própria Añez quem assumiria a presidência da Bolívia interinamente.

“Não pode haver desgoverno no país”, disse Añez ao chegar ao Parlamento nesta terça-feira. “Àqueles senadores ou deputados que, por algum motivo, não puderem comparecer, estamos fazendo todos os esforços para que estejam aqui mais tarde. Esperamos que nos confirmem a hora.”

“Não só a oposição tem essa responsabilidade [de dar quórum para a sessão], mas também, e fundamentalmente, os parlamentares do MAS [partido de Evo]. Tenho entendido que eles têm a predisposição para dar o quórum necessário”, completou a segunda vice-presidente do Senado.

Solto, Lula promete levar o Brasil para o passado; seus correligionários já falam em Lula-2022. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

  • Cacos-de-vidros -

    PETISTAS são GADO do Mulalivre.. muuuuuuuuu

  • Cacos-de-vidros -

    O "Partido Fascista" já existe no Brasil E RESPONDE pela alcunha de PT (Partido dos Trabalhadores) a seita-partido do Lula(Lula acha que é "deus") Bozo e GA.DO é quem segue LULA

  • Ramon -

    Ela é de centro-direita!!!! Tomara que aprovem! Ô, glória! Muito feliz pelos bolivianos.

Ler 9 comentários