Covid-19: agora, China recomenda o uso de cloroquina

A Comissão Nacional de Saúde da China recomendou o uso de cloroquina no tratamento de pacientes com Covid-19, diz o South China Morning Post.

Na primeira atualização que faz de suas “diretrizes de tratamento” desde março, a comissão ressalva que “alguns medicamentos podem demonstrar certo grau de eficácia para o tratamento em estudos de observação clínica, mas não há medicamentos antivirais eficazes confirmados por ensaios clínicos duplo-cegos e controlados por placebo”.

O órgão, porém, disse que não é recomendado “o uso de hidroxicloroquina ou o uso combinado dela com azitromicina”.

Ouvido pelo jornal chinês, o especialista em medicina respiratória David Hui Shu-cheong afirmou que cloroquina e hidroxicloroquina são similares e as diretrizes da comissão, “contraditórias”.

Estudos sobre a eficácia desses medicamentos feitos tanto no Brasil como no exterior não comprovaram sua eficácia, o que não impediu Jair Bolsonaro –e, agora, a China– de recomendá-los.

Leia mais: CHEQUES DE QUEIROZ A MICHELLE BOLSONARO: O PRÓXIMO CAPÍTULO
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 79 comentários
TOPO