ACESSE

Covid-19: anticorpos podem durar poucos meses, mostra estudo britânico

Telegram

Um estudo feito pelo King’s College de Londres mostrou que a imunidade contra a Covid-19 pode durar poucos meses e que o vírus pode ser detectado novamente em quem já foi infectado e se curou da doença.

Os pesquisadores acompanharam cerca de 90 profissionais e pacientes de dois hospitais do NHS do Reino Unido, sistema semelhante ao SUS brasileiro.

Os anticorpos dessas pessoas chegaram ao pico de proteção na terceira semana após o aparecimento dos sintomas da Covid-19, com 60% das pessoas com anticorpos detectados.

Três meses depois, no entanto, apenas 17% dos profissionais e pacientes ainda mantinham o nível desejável de anticorpos.

Uma das autoras da pesquisa, a doutora Katie Doores afirmou ao jornal The Guardian que, se os anticorpos se comportarem como indica o estudo, as vacinas terão de ser aplicadas em mais de uma dose.

“Se a infecção está fornecendo níveis de anticorpos que diminuem em dois a três meses, a vacina potencialmente fará a mesma coisa. As pessoas podem precisar de reforço.”

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

  • MILA -

    INDIA DETONA A CHINA PRA ACABAR COM A GUERRA DE VIRUS

  • JORGE -

    Este corona veio pra dar trabalho, caramba que enrosco!!

  • Roberto -

    OMS declara que manga com leite é prejudicial à saúde..

Ler 43 comentários