Covid-19: busca e apreensão na casa do ministro da Saúde da França

A Justiça francesa determinou que as autoridades policias da unidade de lutar contra a corrupção e infrações financeiras e fiscais fizesse operação de busca e apreensão nas casas do ministro da Saúde, Olivier Veran, do diretor geral da Saúde, Jérôme Salomon, do ex-primeiro ministro Edouard Philippe, da ex-ministra da Saúde, Agnés Buzin, e da ex-porta-voz do governo Sibeth Ndiaye.

Eles são suspeitos de má gestão da crise sanitária causada pela pandemia de Covid-19.

Desde o início da pandemia, 90 queixas foram registradas contra integrantes do governo, principalmente por organizações de médicos e enfermeiros.

Ontem, o presidente Emmanuel Macron decretou toque de recolher e Paris e outras grandes cidades da França, por causa da segunda onda de casos da doença.

Dinheiro nas nádegas, por enquanto, só no Brasil.

Leia mais: Marco Aurélio e o caso André do Rap: como a lei (e a mais alta corte do país) pode ser usada para libertar um criminoso considerado perigoso?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 5 comentários
TOPO