Covid-19: "Nossa capacidade está no limite", diz diretor do maior hospital da Argentina

No maior hospital da Argentina, o Posadas, todos os leitos de UTI estão ocupados, em meio ao avanço da pandemia da Covid-19.

“A nossa capacidade operacional está no limite. Não podemos crescer mais. É uma pandemia que não é só administrada pelo sistema de saúde, é muito importante que o país entenda que é preciso se cuidar porque senão o sistema de saúde não vai chegar a dar uma resposta”, disse o diretor Alberto Maceira à Agência France Press.

A Argentina tem mais de 600 mil casos e 12 mil mortes em razão da doença.

“Pensávamos que duraria um período um pouco mais curto e isso está se prolongando no tempo. É um vírus que não se limitou, que continua a se espalhar, e pacientes gravemente enfermos continuam entrando. Acho que vai continuar assim por mais alguns meses”, afirmou Costanza Arias, chefe da terapia intensiva do hospital.

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários
TOPO