Covid-19: novo estudo aponta eficácia de 92% na 1ª dose das vacinas de Pfizer e Moderna

Covid-19: novo estudo aponta eficácia de 92% na 1ª dose das vacinas de Pfizer e Moderna
Foto: Michael Appleton/Mayoral Photography Office

Novo estudo publicado por médicos canadenses no New England Journal of Medicine, uma das principais publicações científicas do mundo, aponta eficácia de 92% contra a Covid-19 nas primeiras doses das vacinas da Pfizer e da Moderna.

Os dois imunizantes usam moléculas de RNA mensageiro sintetizadas em laboratório para estimular uma resposta imunológica específica contra o novo coronavírus.

Os autores do estudo —Danuta Skowronski, do Centro para Controle de Doenças da Colúmbia Britânica, e Gaston de Serres, do Instituto Nacional de Saúde Pública do Québec— escrevem o seguinte: “Com essa primeira dose altamente protetora, os benefícios derivados de um escasso suprimento de vacinas poderiam ser maximizados, adiando a aplicação das segundas doses até que todos os membros do grupo prioritário recebam pelo menos a primeira”.

Parabenize de novo o governo brasileiro por ter ignorado a oferta de 70 milhões de doses, com entrega que teria início em dezembro do ano passado, feita pela Pfizer.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO