Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Covid: França terá 'passe sanitário' para acesso a bares e restaurantes

Emmanuel Macron também anunciou obrigatoriedade da vacinação para profissionais de saúde e todos os que trabalhem em hospitais e clínicas; país já tem 65% da população adulta vacinada com ao menos uma dose
Covid: França terá passe sanitário para acesso a bares e restaurantes
Reprodução/2021 Leaders' Summit on Climate/YouTube

Em discurso transmitido pela TV, o presidente da França, Emmanuel Macron, anunciou nesta segunda-feira (12) uma série de medidas para tentar conter um novo aumento das contaminações pelo coronavírus e a ameaça de uma “quarta onda” da Covid no país durante o outono.

De acordo com o presidente, a vacinação será obrigatória para as equipes de enfermagem e trabalhadores de outras áreas em hospitais, clínicas e asilos, bem como para profissionais e voluntários que cuidam de idosos, inclusive em casa.

Todos os incluídos nessas categorias terão até 15 de setembro para se imunizar. Depois dessa data, segundo Macron, estarão sujeitos a “controles e sanções” —ou seja, não poderão mais trabalhar na área.

O presidente declarou ainda que, “a depender da evolução da situação, podemos ter de nos colocar a questão da vacinação obrigatória para todos os franceses”.

Macron também anunciou que o “passe sanitário” —um teste negativo para Covid ou um comprovante de vacinação completa— será exigido a partir de 21 de julho em todos os “locais de lazer e cultura” do país que reúnam mais de 50 pessoas.

A partir de agosto, esse passe também será necessário para entrar em bares, restaurantes, shoppings, trens e aviões.

Além disso, os testes de PCR, que são gratuitos na França, passarão a ser cobrados, “para estimular a vacinação e não a multiplicação de exames”, disse o presidente.

Segundo Le Monde, mais de 65% da população francesa acima de 16 anos —cerca de 35,5 milhões— já recebeu pelo menos uma dose da vacina contra a Covid.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO