Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Criticado na pandemia, primeiro-ministro do Japão deixará o cargo

Após um ano no cargo, Yoshihide Suga anunciou nesta sexta-feira que não disputará a reeleição
Criticado na pandemia, primeiro-ministro do Japão deixará o cargo
Foto: Reprodução/redes sociais

O primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, de 72 anos, informou nesta sexta-feira (3) que não disputará a reeleição e deixará o cargo após um ano de mandato. A decisão ocorre em meio à dificuldade do país de controlar a pandemia de Covid, o que gerou críticas à gestão de Sugo.

Nos últimos meses, o primeiro ministro viu seus índices de aprovação despencarem. No início do ano, estava em 60%. Em agosto, caiu para 31,8%, segundo pesquisa da agência de notícias Kyodo.

Suga tomou posse em 14 de setembro de 2020, pouco tempo após seu antecessor, Shinzo Abe, renunciar por motivos de saúde. As eleições internas do Partido Liberal Democrático (PLD) terão início no dia 17 deste mês e serão concluídas no dia 29. O vencedor da disputa provavelmente será designado primeiro-ministro pelo Legislativo japonês, já que a maioria das cadeiras pertence à sigla.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO