Cuba e Venezuela protegem terroristas colombianos

O ELN (Exército de Libertação Nacional) assumiu a autoria do atentado com carro-bomba que matou 21 pessoas e feriu 68 em Bogotá, na última quinta-feira (17).

As tentativas da Colômbia de punir os responsáveis e fazer justiça têm esbarrado na proteção dada por Cuba e Venezuela aos terroristas.

Leia a reportagem de Duda Teixeira em Crusoé:

Cuba e Venezuela protegem terroristas colombianos do ELN

As reais intenções de Dilma e Cuba com o programa Mais Médicos. SAIBA MAIS AQUI
Mais notícias
TOPO