ACESSE

Cubanos e venezuelanos por trás de ataques no Chile

Telegram

Grupos organizados de estrangeiros, principalmente de cubanos e venezuelanos, podem ter participado da destruição de estações do metrô no Chile, diz a Crusoé.

A investigação tem apontado para uma ação coordenada. As 25 estações de metrô incendiadas foram atacadas em um intervalo de apenas dez minutos.

Leia a nota completa aqui.

O desastre político, econômico e social na Venezuela não é um episódio isolado. SAIBA TUDO

Comentários

  • Sandro -

    Socialismo/Comunismo/Bolivarianismo : Inimigos supremos da humanidade , liberdade e prosperidade . A ideologia da esquerda é doentia , nefasta! Acorda Brasil! Essa praga tem que ser extinta !!

  • Luiz -

    Não é de estranhar a empolgação da petralhada cubana venezuelana com o episódio. Bandidos.

  • Allan -

    stf rosa tofoli e sua trupe, estão vendo chile etc, sabem que o caldeirão vai explodir , que vai dar MERDA , e continuam , alguém tem que parar o stf!!!

Ler 149 comentários