Cubanos que incitaram distúrbios na Bolívia voltam para Havana

Quatro cubanos que tinham sido presos em La Paz, acusados de incitarem os bolivianos a protestar contra a presidente interina, Jeanine Añez, retornaram hoje para Havana. Eles viajaram com 207 médicos que estavam em missão na Bolívia, informa Duda Teixeira na Crusoé.

O grupo de três homens e uma mulher trabalhava na Embaixada de Cuba em La Paz. Amparo Lourdes García Buchaca, Idalberto Delgado Baró, Ramón Emilio Álvarez Cepero e Alexander Torres Enríquez faziam parte de uma “brigada médica”, mas apenas um deles, Ramón Emilio, é formado em medicina.

Leia:

Chile: sob todos os aspectos, VOCÊ precisa entender os protestos contra o governo de centro-direita. Saiba mais

Cubanos que incitaram distúrbios na Bolívia retornam para Havana

Comentários

  • Rogemon -

    Esses são os comparsas do PT, os cubanos que querem ver o regime falido de fidel sobreviver às custas da destruição de governos democráticos! Constituem o braço revolucionário petista!

  • Sueli -

    Do que nos livramos!

  • Tutu -

    Tomara que o avião caia. O barco afunde. Etc. Lugar de comuna é juntinho com o Che, Fidel e o capiroto.

Ler 29 comentários