Departamento de Justiça dos EUA investiga se funcionários interferiram na eleição

Departamento de Justiça dos EUA investiga se funcionários interferiram na eleição
Reprodução/Council of the IGs on Integrity & Efficiency CIGIE/YouTube

O órgão de investigações internas do Departamento de Justiça dos EUA anunciou nesta segunda (25) que vai investigar se funcionários “participaram de tentativas impróprias” para a pasta alterar o resultado da eleição de 2020. A informação é do The Hill.

“A investigação vai compreender todas as alegações revelantes que podem surgir”, disse Michael Horowitz, inspetor-geral do departamento. “O Escritório do Inspetor-Geral tem jurisdição para investigar alegações sobre a conduta de antigos e atuais funcionários”.

Na última sexta (22), o New York Times publicou que Jeffrey Clark, chefe interino da Divisão Civil da pasta, trabalhou em um plano para forçar os legisladores da Geórgia a reverterem o resultado da eleição. Biden venceu no estado.

Leia também: Empresa de urnas Dominion processa Giuliani e pede US$ 1,3 bilhão

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
TOPO