Desde já, estamos com inveja da Argentina de Macri

Mais sobre o programa de Mauricio Macri, o novo presidente argentino:

“Que a Cultura não seja utilizada como propaganda.”

“É preciso fortalecer a liberdade de expressão.”

“É preciso terminar com sectarismos, divisões inúteis e mesquinharias.”

“É preciso abandonar todas as ideias de controlar o pensamento a partir do ministério da Cultura.”

“A ideia de coordenar a Cultura encobre um pensamento autoritário.”

Desde já, O Antagonista está com inveja da Argentina de Mauricio Macri.