Desemprego socialista

Depois de anunciar a venda da sua luxuosa sede em Paris, o Partido Socialista francês, irá demitir mais da metade dos seus funcionários.

Com a derrota nas urnas, chegou a vez de os socialistas de carteirinha sentirem o mal do desemprego na própria pele.

As entradas anuais do partido caíram de 28 milhões de euros por ano para 8 milhões de euros.

Temas relacionados:

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 39 comentários
  1. O prédio do Partido Socialista francês foi transferido para Brasília. É cara e foicinha do TSE. Ambos criação do comuna que tirou a balança das mãos da estátua triangular em frente ao STF.

  2. Um dia teria que acontecer com o péssimo talento para os negócios que tiveram por todos esses anos… Ademais já não se fazem mais camaradas como Oscar Niemeyer que levou a vida sustentando seus amigos jjjjjj! Que aprendam com os evangélicos a correr a sacolinha!

  3. E isto no Pais mais esquerdista da UE, a esquerda aos poucos se acabando na Austria acaba de ganhar um candidato da Direita. Merkel ganhou na Alemanha mas por pouco.

    1. Até pode mas….. Só faltam pedir atestado de óbito do funcionário para se poder fazer isso dentro da lei kkkkk

  4. Aqui os Sindicatos Pelegos e todo bando de vadios das Centrais Sindicais também sentirão na pele o que é ter que trabalhar de verdade. Se bem que os dirigentes Sindicatos hoje ficam milionários com as ações trabalhistas em esquemas com advogados. Porque para os Sindicatos quanto pior a situação para os empregados, melhor para eles, pois gera demanda Judicial e ai eles forram os bolsos.

  5. Muito bom ser socialista com dinheiro dos outros. Tirar dinheiro da classe trabalhadora para fazer populismo e dar benesses para vagabundos e ainda manter as mordomias da classe dominante não dura para sempre.

  6. pede ajuda ao pt, é capaz de fazerem um fundo de pensão comprar titulos socialistas e até dobrarem a entrada de grana, isso se houver algum por fora para o mais ‘onesto’ do país.

  7. Que o mesmo aconteça com os sindicatos.
    Este governo ainda não percebeu que a população o apoiará se não voltar atrás no fim do imposto sindical. Os sindicalistas vão espernear um pouco, queimar alguns pneus, e finalmente se recolherem em suas insignificâncias.

    1. A Dama de Ferro – Margaret Thatcher tinha razão quando disse que o socialismo dura até terminar o dinheiro dos trabalhadores.

  8. Alerta aos comunas Brasileiros, e aos Sindicatos da Esquerda também e ao Foro de São Paulo idem e os “ajeitados” em empreguinho Público está terminando a mamata. Na França vai ter Sindicalistas procurando o emprego concorrendo com o mercado e aqui no Brasil, depois de 2018 a criatividade ocupacional vai ser privilegiada em detrimento do dinheiro fácil, que cai nas mãos todos os meses, mesmo não havendo contra partida produtiva.

    1. A varrição dos pelegos já começou no interior da Bahia. Li num jornal local que 90% dos municípios daqui já começaram a demitir comissionados e funcionários sem estabilidade. A farra com o FPM está no fim.

  9. Ora! Por que, em vez de demitir os funcionários, os dirigentes socialistas não aumentam as taxas de contribuição dos militantes mais ricos do partido?

  10. BEM DIDÁTICA ESSA SITUAÇÃO: “UZICHKÊRRRDO” VÃO APRENDER O QUE SIGNIFICA LEI DE MERCADO; RESPONSABILIDADE FISCAL; ORÇAMENTO, ESSAS QUESTÕES COM AS QUAIS ELES JAMAIS SE PREOCUPARAM.
    CHUUUUUUPA, CAMBUTA DE FIADAPADA!

  11. O partido é socialista . Mas as medidas são “porco capitalistas “, rsrsrs.
    Aliás , como toda a instituição , comercial , social ou outra qualquer , quando tem suas receitas drasticamente diminuídas.
    Isso só prova que a mentira socialista , na pratica vira ……….. mentira.

  12. O melhor disso é que talvez o Chico, o Zé Breu, o Caê de dona Canô, e mais alguns ficarão por lá, para darem o “morrapoio” p’ros ‘cumpanhêros’ do beira Sena.