Ditadura de Cuba reclama de 'censura' no Twitter

O Twitter bloqueou as contas de Raúl Castro e dos principais meios de comunicação estatais da ditadura cubana, registra O Globo.

A empresa americana não explicou a medida, mas o líder formal do regime comunista, Miguel Díaz-Canel, divulgou um comunicado que acusa o Twitter de “guerra cibernética” para “limitar a liberdade de expressão de instituições e cidadãos cubanos e silenciar os líderes da revolução”.

Sim, essa é a piada: Cuba se queixando de censura. Como disse Yoani Sánchez, “a imprensa oficial cubana descobriu ‘liberdade de expressão’ graças ao Twitter”.

Comentários

  • Lucas -

    esquerda sendo esquerda... comédia mesmo!!!!

  • Kalá -

    Fica parecendo que o Mundo precisa de uma vasta guerra de tempos em tempos.

  • Silenio -

    Meu Deus kkkkkk isso só pode ser brincadeira

Ler 37 comentários