Ditadura venezuelana: Mercosul fará reunião de emergência

Os chanceleres Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, países fundadores do Mercosul, farão uma reunião de emergência neste sábado, em Buenos Aires, para discutir o agravamento da crise na Venezuela, noticia o Estadão.

O tema central deverá ser a suspensão do país do bloco econômico. É possível que se discuta uma medida ainda mais dura: a expulsão.

“Vamos analisar os últimos lances do governo bolivariano rumo à ditadura”, disse ao Estado o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Aloysio Nunes.

Questionado se o País defenderia a suspensão da Venezuela, ele disse que não iria “com a posição fechada antes de ouvir opiniões dos demais chanceleres.” Nunes informou que tampouco levará à reunião uma proposta de expulsão, embora admita que o tema possa ser tratado.