“É um ato de cidadania”, diz cirurgião brasileiro vacinado em Nova York

“É um ato de cidadania”, diz cirurgião brasileiro vacinado em Nova York
Foto: Reprodução/Redes Sociais

O médico cirurgião brasileiro Diego Laurentino Lima, que trabalha com pesquisa no Montefiore Medical Center, no Bronx, em Nova York, foi vacinado nesta segunda-feira, 11, como membro do grupo prioritário dos profissionais de saúde em atividade nos Estados Unidos.

Ele enviou a O Antagonista a foto do momento da injeção da primeira dose da Pfizer em seu braço esquerdo. A segunda dose será aplicada no dia 1 de fevereiro.

“Não se trata apenas de se proteger desse vírus, mas também de proteger seus semelhantes. É um ato de cidadania”, escreveu Laurentino.

Leia mais: Nenhum assunto é tabu para a Crusoé: além de fiscalizar TODOS os poderes, a revista tenta responder a questões que permeiam a sociedade brasileira
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO