Eduardo Campos não foi assassinado

De acordo com as investigações da Aeronáutica, a causa do acidente que matou Eduardo Campos foi a imperícia do piloto do jatinho. Ele não tinha treinamento suficiente para conduzir o avião e, depois de arremeter, quis fazer um “atalho” e perdeu a noção de espaço.
Com isso, calam-se as teorias conspiratórias de que o acidente havia sido fruto de uma ação deliberada para assassinar Eduardo Campos. No acidente com o avião da Tam, em 2007, em São Paulo, a responsabilidade também foi dos pilotos, mas o relatório final da investigação foi ambíguo. É melhor quando tudo fica inteiramente claro.

Faça o primeiro comentário