Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Eficácia da vacina da Pfizer contra infecções cai de 88% para 44% após seis meses

Segundo um estudo publicado na revista Lancet, o imunizante segue com 90% de eficácia contra casos graves e hospitalizações
Eficácia da vacina da Pfizer contra infecções cai de 88% para 44% após seis meses
Foto: Myke Sena/MS

A eficácia das duas doses da vacina da Pfizer contra os riscos de infecção por Covid cai de 88% para 44% após seis meses da aplicação, segundo um estudo publicado na revista Lancet nesta terça-feira (5).

Para casos graves e hospitalizações o imunizante mantém a eficácia de 90% após seis meses.

Os dados sugerem que a queda da eficácia contra infecções não tem relação com variantes mais contagiosas.

Nosso estudo confirma que as vacinas são uma ferramenta central para controlar a epidemia, e são extremamente eficazes na prevenção de formas graves e hospitalizações, inclusive contra a Delta e outras variantes preocupantes, disse Sara Tartof, principal autora do estudo.

A eficácia da vacina contra a variante Delta foi de 93% após o primeiro mês, diminuindo para 53% após quatro meses.

Mais notícias
TOPO