Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em 1º discurso no Congresso, Biden diz que herdou uma 'nação em crise'

Em 1º discurso no Congresso, Biden diz que herdou uma nação em crise
Foto: Reprodução, C-Span

Em seu primeiro discurso como presidente numa sessão conjunta do Congresso dos EUA, Joe Biden disse ter herdado uma “nação em crise” e, sem mencionar o nome de Donald Trump, citou o “pior ataque à democracia desde a Guerra Civil”.

O democrata falou por pouco mais de uma hora e dez minutos. Em cena inédita, duas mulheres assistiram ao pronunciamento logo atrás dele: sua vice (e presidente do Senado), Kamala Harris, e a presidente da Câmara, Nancy Pelosi.

Diante de um Congresso esvaziado devido às restrições da pandemia —apenas 200 pessoas assistiam ao discurso, num espaço em que cabem mais de mil— Biden insistiu para que os americanos se vacinassem contra a Covid.

“Depois de apenas cem dias [de governo], posso dizer à nação: os EUA estão em movimento novamente, transformando perigo em possibilidade, crise em oportunidade, recuo em força”, declarou o democrata.

O presidente também defendeu seu pacote econômico de US$ 4 trilhões —e, em um aceno à esquerda do Partido Democrata, mais impostos sobre os americanos mais ricos. Alegou ser necessária uma expansão do papel do Estado para fazer frente à ascensão internacional da China.

E voltou a pedir leis mais rigorosas de controle de armas no país.

Leia mais: Crusoé revela documentos de leniência que a holding JBS omitiu da Justiça. Há ainda novos detalhes de repasses feitos a ministros do atual governo e ao Instituto Lula.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO