Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em comunicado, G7 defende "ações urgentes" contra variante Ômicron

Os ministros da Saúde dos países do bloco se reuniram em Londres nesta segunda-feira para discutir mecanismos de combate à nova cepa
Em comunicado, G7 defende “ações urgentes” contra variante Ômicron
Foto: NIAID/NIH

Os ministros da Saúde dos países do G7 divulgaram há pouco um comunicado defendendo uma “ação urgente” contra a variante Ômicron. Eles se reuniram nesta segunda-feira (29) em Londres para debater os mecanismos de combate à cepa.

“A comunidade internacional enfrenta a ameaça de uma nova variante altamente transmissível da Covid-19, que requer ação urgente. […] Os ministros elogiaram o trabalho exemplar da África do Sul em detectar a variante e alertar os outros.”

Os países do G7 também “reconheceram a importância estratégica de garantir o acesso às vacinas”, “preparar” os países para receber as doses, fornecer assistência operacional, cumprir nossos compromissos de doação, abordar a desinformação sobre vacinas e apoiar a pesquisa e o desenvolvimento”.

Os ministros prometeram se reunir novamente em dezembro.

Mais cedo, a OMS afirmou que a Ômicron representa um risco “muito elevado para o mundo”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....