ACESSE

Em debate, Johnson promete saída da UE em outubro

Telegram

No primeiro e, provavelmente, único debate entre Boris Johnson e Jeremy Hunt, o ex-prefeito de Londres voltou a afirmar que não aceitará negociar uma nova data para a saída do Reino Unido da União Europeia.

Apontado como favorito para ser o próximo primeiro-ministro britânico, Johnson defendeu o Brexit e rechaçou a possibilidade de uma nova prorrogação das negociações com o bloco europeu.

“Quanto mais e melhor nos prepararmos, menor é o risco de uma disrupção. Se nos preparamos [para uma saída sem acordo], a União Europeia vai perceber que estamos prontos e vai nos dar o acordo de que precisamos. É fundamental sair em outubro”, disse Johnson, em referência à data-limite de 31 de outubro.

Jeremy Hunt, então, questionou o adversário se ele renunciaria ao cargo caso o Brexit não se confirme até esta data. “Nós vamos sair em 31 de outubro”, respondeu Johnson.

Os mais de 180 mil filiados ao Partido Conservador britânico já estão votando desde a semana passada, pelo correio, para escolher o novo líder da legenda. O vencedor — que sucederá Theresa May no comando do país — deve ser anunciado no dia 22.

Como transformar criminosos em vítimas e agentes da lei em criminosos Leia mais

Comentários

  • Zeus -

    Mais um alucinado a governar a Inglaterra. O Brexit vai afundar a economia inglesa e levar o país a falência.

  • Antônio -

    Se dependesse do mainardi e caterva: o muro de Berlim seria reerguido amanhã. O pessoal não quer sair dos anos 1970.

  • OBSERVADOR🇧🇷 -

    E aqui o traidor Bolsonaro fica no Mercosul e quer moeda única Peso-Real da Patria Grande!

Ler 6 comentários