Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em estudo com veteranos nos EUA, vacina da Moderna foi ligeiramente melhor que a da Pfizer

Análise envolveu quase 440 mil vacinados, e mostrou elevado grau de proteção de ambos os imunizantes
Em estudo com veteranos nos EUA, vacina da Moderna foi ligeiramente melhor que a da Pfizer
Foto: Ian Hutchinson/Unsplash

Um estudo publicado nesta quarta (1º) no New England Journal of Medicine mostrou que a vacina da Moderna teve desempenho um pouco melhor que a da Pfizer em veteranos de guerra americanos.

A análise envolveu quase 440 mil vacinados – metade com cada vacina. Mais de 90% tinham mais de 50 anos, e 93% são homens, o que pode limitar o alcance das conclusões.

Cabe lembrar que por causa das guerras recentes no Afeganistão e no Iraque os Estados Unidos tambêm têm uma grande população de veteranos jovens.

Os veteranos analisados receberam uma 1ª dose de vacina entre 4 de janeiro e 14 de maio deste ano. A grande maioria também tomou uma 2ª dose.

O risco de infecção nos dois grupos foi muito parecido: foram 5,75 casos por 1.000 pessoas no grupo da Pfizer, contra 4,52 por 1.000 pessoas no grupo da Moderna.

“Os riscos de resultados [como hospitalização e morte] foram baixos, independentemente da vacina recebida”, escreveram os pesquisadores. “Os vacinados com a BNT162b2 [vacina da Pfizer] tiveram um risco 27% maior de infecção documentada por SARS-CoV-2 e um risco 70% maior de hospitalização por Covid-19 do que os vacinados com a mRNA-1273 [vacina da Moderna] ao longo de 24 semanas de acompanhamento em um período marcado por predominância da variante Alfa”.

Entre os fatores que explicam a diferença na efetividade podem estar a fórmula das vacinas e o intervalo entre as doses. A 2ª dose da Moderna é aplicada com intervalo de quatro semanas em vez de três.

Em editorial sobre o estudo, a New England Journal of Medicine comparou as vacinas da Pfizer e da Moderna como “seis por meia dúzia”.

A vacina da Moderna não é distribuída no Brasil. O governo federal comprou quatro vacinas: AstraZeneca, Coronavac, Janssen e Pfizer.

Leia mais:

Janssen: se aplicada em 2 doses, desempenho se aproxima das vacinas da Pfizer e Moderna

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....