Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Em estudo preliminar em laboratório, Pfizer diz que três doses neutralizam Ômicron

Pfizer e BioNTech já desenvolvem vacina específica contra nova variante; Delta ainda é a dominante no mundo
Em estudo preliminar em laboratório, Pfizer diz que três doses neutralizam Ômicron
Foto: Myke Sena/MS

A Pfizer e BioNTech anunciaram nesta quarta (8) resultados preliminares de um estudo em laboratório que mostrou que sua vacina neutraliza a variante Ômicron depois de três doses.

“Os soros de indivíduos que receberam duas doses da vacina atual contra Covid-19 exibiram, em média, uma redução de mais de 25 vezes nos títulos de neutralização contra a variante Ômicron em comparação com o tipo selvagem, indicando que duas doses da [vacina] BNT162b2 podem não ser suficientes para proteger contra a infecção com a variante Ômicron”, diz comunicado no site da Pfizer.

Porém, “[c]omo 80% dos epítopos na proteína ‘spike’ [espícula] reconhecida pelas células T CD8 + não são afetados pelas mutações na variante Ômicron, duas doses ainda podem induzir proteção contra doenças graves”.

Em 25 de novembro, as empresas começaram o desenvolvimento de uma vacina específica contra a variante Ômicron.

A variante Delta ainda é, de muito longe, a predominante no mundo.

Leia maisÔmicron: casos de Covid na África aumentaram 80% na última semana, diz OMS

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO
×
Oferecimento....