Em Honduras, barricadas e saques em protestos por renúncia do presidente

Honduras vive uma onda de protestos violentos nas últimas horas. Milhares de manifestantes bloquearam ruas e estradas em diversos pontos do país para pedir a renúncia do presidente Juan Orlando Hernández, reeleito em 2017, relatam as agências internacionais.

Em Tegucigalpa, a capital do país, os manifestantes ergueram barricadas de pedras e queimaram pneus, impedindo o fluxo de carros em algumas das principais vias.

Para completar o caos, o país enfrenta o segundo dia de uma greve de caminhoneiros. Muitos postos já não têm combustível.

Comentários

  • Pragmático -

    Povo bota, povo tira. Se nesse país não houver recall ou impeachment, então a solução é o povo nas ruas. Não sou a favor da violência, mas na Ucrânia p/ tirarem um PR comunista foi na força.

  • Marco -

    Se queremos salvar o Brasil das mãos das ORCRIMs e do caos, dia 30 nas RUAS!

  • ana -

    Será que os cidadãos hondurenses tbm foram desarmados, tal qual o larápio fez com os brasileiros? Ou pelo menos eles têm armas para não serem executados como os venezuelanos.

Ler 14 comentários