Em retaliação, Alemanha, Polônia e Suécia expulsam diplomatas da Rússia

Em retaliação, Alemanha, Polônia e Suécia expulsam diplomatas da Rússia
Foto: IGORN/Pixabay

Alemanha, Polônia e Suécia expulsaram três diplomatas russos nesta segunda-feira (8), em retaliação coordenada a uma ação similar realizada pela Rússia.

Na semana passada, Moscou expulsou três diplomatas desses países sob a acusação de terem participado de “ações ilegais” —protestos que pediam a libertação de Alexei Navalny, o principal opositor do governo de Vladimir Putin.

As expulsões aconteceram enquanto o chanceler russo, Sergei Lavrov, se reunia na capital russa com o chefe da diplomacia da União Europeia, Josep Borrell. Os três países europeus classificaram como “inaceitáveis” as ações da Rússia.

A Chancelaria russa, por sua vez, alegou que as medidas dos três países da UE foram “injustificadas, hostis e uma continuação da mesma série de ações que o Ocidente está tomando contra nosso país”.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que tem coragem de fiscalizar TODOS os poderes
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO