ACESSE

Embaixada dos EUA define 'zonas de crime' em Brasília

Telegram

Brunno Melo, da CBN de Brasília, divulgou no Twitter o documento da Embaixada dos Estados Unidos que recomenda aos turistas americanos, em visita a Brasília, que evitem as regiões administrativas (antes chamadas de cidades-satélites) Ceilândia, Santa Maria, São Sebastião e Paranoá, classificadas como “favela” e “zonas de crime”.

As visitas ao Congresso estão liberadas.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 52 comentários