Empreiteiro ligado a Cristina Kirchner é condenado a 12 anos de prisão

Empreiteiro ligado a Cristina Kirchner é condenado a 12 anos de prisão
Foto: Reprodução, Twitter/Clarín

O empreiteiro argentino Lázaro Báez, acusado de desviar US$ 55 milhões para contas no exterior entre 2003 e 2015, foi condenado nesta quarta, 24, a 12 anos de prisão por lavagem de dinheiro.

As contas no exterior foram alimentadas a partir de licitações públicas vencidas pela construtora de Báez nos governos de Néstor e da atual vice-presidente, Cristina Kirchner.

Até a entrada do casal Kirchner na Casa Rosada, em 2003, o hoje empreiteiro era apenas um funcionário de um banco na província de Santa Cruz.

LEIA AQUI a reportagem de Duda Teixeira na Crusoé; assine a revista e apoie o jornalismo independente.

Leia mais: A prisão do deputado Daniel Silveira, que ofendeu ministros do STF num vídeo, é mais um capítulo da avacalhação da democracia brasileira.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO