Esquerda e direita unidas

Hoje, em Versalhes, antes da fala de François Hollande, deputados e ministros cantaram espontaneamente a Marselhesa. O dado mais eloquente, contudo, foi que socialistas, comunistas, direitistas e conservadores sentaram-se misturados no parlamento que deu origem às expressões “esquerda” e “direita”.

Pode parecer uma besteira ditada pela emoção, mas, para quem conhece as profundas divisões políticas da França, isso mostra a união causada pelos ataques em Paris.

A França marcha compacta para a guerra contra o Estado Islâmico. Finalmente.

Faça o primeiro comentário