Estado Islâmico reivindica ataque contra igreja

O Estado Islâmico reivindicou a autoria do ataque terrorista cometido por dois homens-bomba neste domingo contra uma igreja metodista na cidade de Quetta, no Paquistão, que deixou pelo menos nove mortos e 30 feridos.

A polícia atirou em um dos terroristas, mas o segundo conseguiu chegar até a porta principal da igreja, onde detonou os explosivos.

Há menos de 4 milhões de cristãos na população de quase 200 milhões de habitantes do Paquistão, um país de maioria muçulmana sunita.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler comentários
  1. Silva disse:

    O Estado Islâmicos são uma ramificações dos ptralhas e comunistas, semelhante às militancias do molusco e da Iolanda. BOLSONARO 2018

  2. Giusti disse:

    100 mil cristãos mortos tds os anos apenas por serem cristãos. E alguém já ouviu falar em terrorismo budista? Terrorismo xintoista? Não existe e tds sabem disso. Mas o problema é a islamofobia. A imprensa é a maior inimiga da paz e da prosperidade dos povos. A imprensa se alimenta do sangue dos inocentes derramado pelas bestas feras q ela alimenta.

  3. Marcelo Netto disse:

    Há muita importância em diferenciar Sunitas de Xiitas e de Drusos porque a partir desta diferenciação fica claro que o esse terrorismo não é diretamente ligado a razões religiosas. Apontem um único ato terrorista praticado por indo-europeu xiita (iraniano), ou Druso (sírio). Os povos semitas (os sunitas) há mais de 900 anos estão em guerra não só com nossa civilização, atacam também aqueles que hoje são Xiitas e Drusos. Estudem e saberão que o Xiismo tem em sua origem elementos comuns à cristandade. Creio que um dia, num futuro muito distante, será muito difícil separar os movimentos comunistas dos sec 19 e 20 desse capitaneado pelo ISIS.

    1. Caro não identificado: Os semitas são em sua esmagadora maioria sunitas.

    2. Quanta ignorância! Semitas e sunitas nada têm a ver, nem são categorias da mesma classificação.

  4. ELEUTERIO LANGOWSKI disse:

    Estado Islâmico não existe. O que existe é Islã. Todo o Islã forma o Estado Islâmico que pretende dominar o mundo exterminando os infiéis para eles (cristãos e judeus principalmente). Os inúmeros grupamentos terroristas como o Isa, Hamas, Talibans, Hezbolah, formam todos eles uma única coisa que se resume à guerra santa, a Jihad. Muçulmanos moderados são aqueles que concordam com tudo isso, porém nada fazem para que isso não ocorra.

  5. Exilado disse:

    Contagem regressiva para algum imbecil aparecer para lembrar a todos do perigo da islamofobia.

  6. tatu disse:

    O Paquistão é um celeiro de terroristas islamistas acobertados pelos governantes paquistaneses. Nada surpreendente então que os malas muçulmanos só mataram 1 terrorista e deixaram o outro detonar a bomba.

  7. Verdade disse:

    Nao importa se é sunita ou xiita... É uma religião de morte...É no passado foi e no presente é com tendencia a piora É so pesquisa

  8. !!!!!! disse:

    E ainda tem idiotas e especialistas da globonewa que clamam: -"é uma religião da paz!!" Que paz???

  9. Bruno disse:

    Imaginem se aqui no Brasil explodisse uma bomba em uma Mesquita??? Isso já virou palhaçada, se os Muçulmanos não concordam com estes grupos, então que deem um jeito de acabar com eles. Trump está certo, tem que se proteger dos muçulmanos.

  10. David disse:

    Os amigos dos esquerdistas e petralhas! Bolsonaro neles genteeeeeee! Luladrão teu lugar é na prisão!

  11. Islã, a religião da paz e do amor! disse:

    Islã é só amor! Religião da paz!

    1. Você está sendo sarcástico ou é um cretino mesmo?

    2. Estará o senhor sendo sarcástico? Ou sendo um cretino?

    3. violência jamais é solução...., mas uma bomba de nêutrons faria um bem danado à humanidade... onde, em várias capitais dos in - civilizados