EUA abandonam Conselho de Direitos Humanos da ONU

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e a embaixadora americana nas Nações Unidas, Nikki Haley, acabam de confirmar a saída do país do Conselho de Direitos Humanos da ONU.

Haley criticou o conselho pelo que ela chamou de “campanha implacável e patológica” contra Israel, um dos mais importantes aliados dos EUA no Oriente Médio.

Pompeo, por sua vez, afirmou que o órgão da ONU se tornou “um exercício de hipocrisia desavergonhada, com muitos dos piores abusos de direitos humanos do mundo sendo ignorados e alguns dos piores infratores desses direitos dentro do próprio conselho”.

Comentários

  • Carlos -

    Que inveja dos americanos!

  • Douglas -

    Primeiro passo foi dado. Agora falta os EUA retirar todos os recursos que dão à ONU, e são de longe o país que mais financia aquela porcaria, transformar o prédio em algo mais útil. como um estacionamento, e mandar aquele lixo para algum país típico do conselho, como Cuba e Venezuela.

  • Alessandro -

    agora só falta o Brasil, por isso meu voto é Bolsonaro se ele ganhar, espero que faça o mesmo e retire o Brasil desse antro esquerdista que virou a onu

Ler 118 comentários