Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

EUA anunciam sanções à polícia de Cuba por reprimir manifestantes

Governo americano já divulgara punições a um ministro e uma unidade militar; segundo Joe Biden, 'virão mais, a menos que haja alguma mudança drástica'
EUA anunciam sanções à polícia de Cuba por reprimir manifestantes
Foto: Official White House Photo by Adam Schultz

O governo de Joe Biden anunciou nesta sexta-feira (30) um novo pacote de sanções contra a ditadura de Cuba. Desta vez, os alvos são a Polícia Nacional Revolucionária, subordinada ao Ministério do Interior cubano, e dois de seus líderes, informam as agências de notícias.

Segundo o Departamento do Tesouro dos EUA, a medida é uma resposta à repressão policial durante os atos contra o governo que tomaram as ruas da ilha no último dia 11, considerados os maiores em quase três décadas.

“Agentes da polícia foram fotografados confrontando e prendendo manifestantes em Havana, incluindo o movimento de mães ’11 de Julho’, grupo fundado para organizar as famílias de presos e desaparecidos”, afirmou o Tesouro em nota.

Na semana passada, o governo americano já havia anunciado um pacote de sanções impostas ao ministro das Forças Armadas e a uma unidade militar do regime cubano.

Falando a jornalistas na Casa Branca, o presidente dos EUA declarou que “virão mais [sanções], a menos que haja alguma mudança drástica em Cuba”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO