ACESSE

EUA anunciam sanções contra a Rússia

Telegram

Os EUA acabam de anunciar, pela primeira vez desde que Donald Trump tomou posse, sanções contra a Rússia por interferência nas eleições de 2016 e por “ciberataques maliciosos”.

As punições foram anunciadas pelo secretário do Tesouro, Steven Mnuchin, ao mesmo tempo em que os EUA se juntaram a Reino Unido, França e Alemanha em uma declaração condenando a Rússia pelo envenenamento de um ex-espião e de sua filha em território britânico.

Os alvos das sanções são cinco organizações russas e 19 pessoas, que terão seus bens congelados e não poderão viajar aos EUA nem fazer negócio com empresas americanas.

Entre elas estão o FSB –Serviço Federal de Segurança, o sucessor da KGB– e a GRU, o órgão de inteligência militar da Rússia.

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 13 comentários