ACESSE

EUA apresentam nova acusação contra Assange

Telegram

O Departamento de Justiça do governo americano apresentou nesta quinta-feira uma nova acusação contra Julian Assange.

“A nova acusação não acrescenta incriminações adicionais ao anterior conjunto de 18 acusações apresentadas contra Assange em maio de 2019”, mas “amplia a extensão da conspiração em torno das imputadas invasões informáticas das quais Assange foi anteriormente acusado”, informou o governo em um comunicado.

Segundo a nova denúncia, o fundador do WikiLeaks teria recrutado hackers e violado e-mails e dados de uma empresa de consultoria de inteligência dos Estados Unidos, além de conspirado com integrantes dos grupos LulzSec e Anonymous.

Assange está preso em Londres desde abril do ano passado. O julgamento sobre o pedido de extradição para os Estados Unidos começou no fim de fevereiro, mas foi interrompido.

Nos EUA, ele é alvo de 18 acusações, entre as quais conspiração e violação da lei de espionagem.

Leia mais: O que Moro pensa sobre o Brasil? Clique e saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 4 comentários