ACESSE

Ex-diretor do FBI violou normas ao vazar memorandos, aponta relatório

Telegram

O ex-diretor do FBI James Comey violou políticas do órgão ao vazar uma série de memorandos internos sobre reuniões com Donald Trump em 2017.

Esta é a conclusão do Departamento de Justiça do governo americano, que divulgou um relatório sobre o caso.

Segundo o texto, Comey se transformou em um “exemplo perigoso” para os funcionários do FBI.

Apesar das conclusões do relatório, o procurador-geral, William Barr, descartou, ao menos por enquanto, apresentar uma denúncia formal contra Comey.

Ana Paula Henkel: "Na política não há santos, salvadores, ungidos ou semideuses." CONFIRA

Comentários

  • PEDRO -

    tentaram armar p o donald, mas os democratas são o PT americano

  • Gilson -

    Será que é "democrata"?

  • Fabricio -

    Lá também tem aparelhamento de instituições.

Ler 13 comentários